CENTRAL NACIONAL DE VENDAS: 4020-3852 (disque a partir da sua cidade)

O que avaliar na escolha de um plano funerário?

Um dos passos mais importantes é verificar a situação da empresa no Procon, afinal, será uma ligação para a vida

O que avaliar na escolha de um plano funerário?

Se você chegou até aqui, provavelmente já deve saber a importância em obter um plano funerário.

Sabemos que a morte é algo fatídico e que por mais que as pessoas não gostem de falar sobre, um dia ela chegará e teremos que estar preparados. Mediante isso, surge uma questão:

O que avaliar na escolha de um plano funerário?

Um dos passos mais importantes é verificar a situação da empresa no Procon, nos órgãos de crédito e na Receita Federal. Conferir se ela está em dia com os impostos, para não correr o risco de a empresa falir ou fechar sem que você desfrute do beneficio quando for necessário.

Fazer pesquisas em sites confiáveis na internet, conversar com outras pessoas, averiguar as avaliações da empresa, checar e ler com atenção o documento emitido pela seguradora. Tudo isso é importante para que você faça uma escolha acertada. 

Em entrevista ao jornal ESTADÃO, o educador financeiro Reinaldo Domingos, avaliou a importância das famílias alinharem o plano de acordo com a sua renda, evitando assim uma possível inadimplência. Ele enfatiza sobre os planos em que podem ser inclusos um grupo de pessoas, podendo ser ou não da mesma família. A exemplo do Plano Funerário Familiar que contempla até 6, 8 ou 10 pessoas.

5 Vantagens em contratar o plano funerário familiar

  1. Comodidade e praticidade;
  2. Auxílio na parte documental;
  3. Assistência emergencial 24H;
  4. Taxas municipais inclusas;
  5. Opção de escolha entre sepultamento ou cremação.

Por que contratar um plano funerário

O número de famílias a procura por planos funerários teve um aumento significativo, o fato se dá porque as pessoas estão cada vez mais conscientizadas sobre a importância de um planejamento.

Ao se verem diante de um luto, sem experiência alguma sobre os trâmites burocráticos para um funeral, as pessoas se sentem em uma situação de desespero; a dor da perda aliada a inexperiência e a corrida contra o tempo, por vezes, faz com que as famílias tenham um custo muito maior que o estimado.

É nessas horas também que ocorrem muitas fraudes. Algumas empresas se aproveitam do momento de fragilidade e comoção da família para cobrarem valores demasiados, gerando um custo maior às famílias enlutadas.

Por outro lado, quem possui um plano funerário, fica isento de passar por todos esses constrangimentos e evita muitas burocracias, afinal, um agente familiar passa a acompanhar a família durante todo o processo como liberação do corpo, atestado de óbito, caixão, taxas municipais, apoio logístico, enfeites florais e tudo o que se faz necessário para a realização de um funeral.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre as razões pela qual contratar um plano funerário deve estar se perguntando, qual plano? É certo que existem inúmeras opções com valores que cabem no seu bolso. No entanto, há quem queira um funeral mais personalizado, para isso existe também inúmeras opções, uma delas é o Funeral Prime.

Quanto custa um funeral para quem não tem plano?

De acordo com o portal de noticias UOL, o valor de um funeral pode variar entre R$ 668,34 e pode chegar a R$ 20.916,12 ou mais. Tudo vai depender do escolhido como ornamentações, caixão, enfeites florais entre outros.

Na grande maioria, os planos mudam de acordo com o tipo do velório, sepultamento ou quando a família opta pela cremação.

Uma dica muito importante é optar por um plano em que o beneficiário possa escolher entre o sepultamento ou a cremação sem ter que arcar com valores adicionais.

A cremação por sua vez, é vista como algo ecologicamente correto. O tabu que era gerado em torno deste procedimento foi completamente desmitificado. Hoje, a cremação é vista como um diferencial. No entanto, para que o procedimento ocorra sem muitos transtornos, é importante que o interessado faça uma Declaração de Vontade – Documento em que o individuo atesta seu desejo pela cremação - e reconheça em cartório.

Retire AQUI sua declação de vontade.

Com essa declaração, fica assegurado que seu último desejo será respeitado. O único caso que impossibilita esse procedimento é quando ocorre uma morte violenta (desastre, homicídio ou suicido). Neste caso, o procedimento só poderá ser executado mediante uma autorização judicial. Outro caso que impossibilita a cremação é quando a família se opõe e não assina o documento de liberação.

Agora que você já sabe a importância em ter um plano funerário, o benefício, a comodidade, descobriu o que pesquisar e avaliar antes de assinar o contrato para obtenção do plano e também percebeu que um plano funerário pode lhe render um custo benefício menor do que ter que arcar com as despesas durante o dia fatídico, faça hoje mesmo o seu plano funerário e dê a sua família o conforto que eles merecem. 



Você deseja conhecer nossos planos? Preencha o formulário abaixo!

DEPOIMENTOS

Nossos clientes falam por nós: somos reconhecidos pela excelência no atendimento e prestação de serviços de forma humanizada.

Ver todos os depoimentos

NOSSOS PARCEIROS

Conheça nossa ampla rede credenciada em todo o Brasil.